Relatório do CPJ afirma que 90% dos casos de assassinatos de jornalistas ficam impunes

De acordo com o relatório divulgado nesta semana pelo Comitê para Proteção dos Jornalistas (CPJ), dos assassinatos de jornalistas ocorridos entre 2004 e 2013, 90% seguem impunes. Dos 370 casos identificados de profissionais mortos em represália ao seu trabalho, 333 não houve nenhuma condenação.

A organização destaca que os crimes seguem um padrão geral de intimidação contra aqueles que revelam a corrupção, expõem a má conduta política e financeira ou informam sobre crimes.

Embora tenha registrado mortes em 2013, o Brasil melhorou a situação após condenações em três casos, o maior número de punições em um único ano no período de 2004 a 2013, entre todos os países avaliados. Ainda assim, o País está em 11º lugar no Índice Global de Impunidade do CPJ em 2014, com nove assassinatos não solucionados nos 10 anos anteriores. Ainda segundo o relatório, a violência no país atinge mais jornalistas do Interior do que da Capital, e envolve a cobertura de corrupção, crimes e política local.

O levantamento também indica que a impunidade cresceu, em média, 56% entre 2008 e 2014. O local mais afetado foi a Somália, onde o índice de casos não solucionados quadruplicou. Em seguida, aparecem Paquistão, México e Filipinas.

Fonte: Coletiva.net

Anúncios

Campanhas do ULBRAINSTORM serão apresentadas na próxima sexta

O prazo para a realização das campanhas do concurso ULBRAINSTORM está chegando ao fim. Desde o dia 21, as 12 equipes participantes estão criando uma solução de comunicação para a empresa Safeweb. Os alunos tem até as 21h de hoje para entregar as campanhas.

STORM

Cada equipe terá, no máximo, 10 minutos para apresentar sua campanha. As soluções publicitárias serão avaliadas por uma Comissão Julgadora, formada por professores e profissionais do mercado, indicados pela Comissão Organizadora, com os seguintes critérios: criatividade, originalidade e consonância com o briefing apresentado.

Tanto a apresentação como o resultado serão realizados no auditório 119 do prédio 6, a partir das 19h, nesta sexta, 31 de outubro. A equipe vencedora ganhará R$ 500,00.

Os trabalhos apresentados farão parte do acervo do curso de Publicidade e Propaganda e poderão ser expostos a qualquer tempo.

Prêmio PRESS divulga última parcial

Foi divulgada a última parcial do Prêmio Press 2014. As indicações pela internet) ainda se estendem até o dia 31. No dia 03 de novembro, será divulgada a relação dos finalistas desta 15ª edição do maior e mais disputado prêmio do jornalismo brasileiro.

O grande homenageado nos 15 anos do Prêmio Press será o jornalista Rogério Mendelski, da rádio Guaíba, um dos principais nomes da imprensa gaúcha, com mais de 35 anos de atuação nos principais veículos de comunicação do Estado. Ele receberá o Troféu Sistema Fiergs Homenagem Especial.

Na grande festa do Prêmio Press 2014, marcada para 25 de novembro, no Teatro Dante Barone, será entregue o 1º Troféu Advertising ao empresário Adelino Colombo, pela sua contribuição ao desenvolvimento e valorização do mercado publicitário gaúcho. A iniciativa da revista Advertising tem o patrocínio de ABAP-RS e SBT-RS.

Veja a lista parcial de indicados clicando aqui

Comercial mostra Chuck Norris “derrotado” por internet banda larga

O ator hollywoodiano Chuck Norris estrela a nova campanha da ultra banda larga Live Tim. Considerado uma lenda para quem brinca com as suas atuações em filmes estadunidenses, o artista acaba derrotado pela primeira vez por uma internet de baixa qualidade. Com o objetivo de promover o serviço, a operadora de telecomunicações destaca a eficiência da conexão na web.

Produzida pela Artplan, a peça foi gravada em Houston, nos Estados Unidos, no rancho do ator. A equipe da agência responde a um teaser liberado dias antes que questionava: “O que travou Chuck Norris?”.

No comercial, Norris é atacado por uma gangue, e, no momento de sua reação, a conexão com a internet trava. Na sequência, a cena é cortada para dentro de uma casa e o telespectador percebe que um pai estava assistindo ao filme com o ator no laptop que “travou” no momento em que a filha acessou a web em outro computador. A partir daí, entra em cena o vlogger Bruno Aiub.

Apesar do vídeo ser feito para a televisão aberta, haverá, ainda, ações nas mais variadas plataformas. Imagens na mídia impressa, mobiliário urbano, bancas de jornal, painéis de metrô, testemunhais de rádio, ações de merchandising e também, na internet.

Veja o vídeo: 

Fonte: Portal Imprensa

Jornalista lança livro sobre o rádio na era digital

O jornalista Luiz Artur Ferraretto, integrante do Grupo de Rádio e Mídia Sonora da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), lança o livro Rádio – Teoria e prática. A obra é reflexo de anos de pesquisa e considera as mudanças na mídia diante da era digital e dá dicas de redação, gráficos e ilustrações.

O título pretende ser o livro mais completo e atualizado sobre rádio do país. De acordo com as informações, o conteúdo não ignora os conceitos básicos e as transformações provocadas pela tecnologia. Funcionamento das emissoras, linguagem, planejamento de programação, produção de conteúdo e novas ferramentas são temas do livro.

------livro-radio-ferrareto

Fonte: Comunique-se

Concurso da Trensurb forma cadastro para comunicadores

A Trensurb abriu inscrições para concurso público com formação de cadastro reserva para jornalistas, publicitários e relações-públicas. Para os cargos de comunicação, a carga é de 40 horas semanas, com remuneração de mensal de R$ 4.244,14.

É exigido diploma de graduação em curso específico para o cargo e registro no órgão de classe, quando houver. A prova objetiva para todos os cargos será aplicada em 14 de dezembro e abordará questões de Português, Matemática e Raciocínio Lógico, Informática, Conhecimentos em Administração Pública e Legislação e Conhecimentos Específicos.

O concurso terá validade de dois anos e pode ser prorrogado por igual período. O edital está disponível no site http://www.objetivas.com.br e as inscrições podem ser feitas até 16 de novembro, ao custo de R$ 100,00.

Fonte: Coletiva.net