Zero Hora cobrará por conteúdo online em agosto

O jornal Zero Hora passará a cobrar por conteúdos online e pelos aplicativos para tablets e celulares a partir de agosto. O dia que será iniciada as cobranças ainda não foi definido.

Para os assinantes da chamada “Zero Hora Completa”, de segunda a domingo, e os atuais assinantes da Digital, nada muda, ou seja, o  acesso seguirá livre e garantido a todos os exclusivos conteúdos digitais de ZH, em todas as plataformas de comunicação, a qualquer tempo. Para este acesso livre, bastará que, se solicitado, o assinante preencha seu login no site zerohora.com ou nos aplicativos de tablets e celulares de ZH, que deverão ser atualizados.

Já o internauta que não for assinante do jornal, será determinado um número de notícias para acesso mensal gratuito. Quando atingido, o internauta será encaminhado a um página que indicará a necessidade de efetuar o pagamento para seguir com o acesso ao conteúdo do site.

Segundo comunicado oficial do jornal enviado aos assinantes, o veículo adota “a cobrança do acesso digital a não assinantes para manter e reforçar seu alto padrão de jornalismo, suas inovações e constante aprimoramento”.

Anúncios

Livro resgata a trajetória de um dos importantes nomes da Comunicação em SC

Antunes Severo, um dos personagens mais expressivos da Comunicação em Santa Catarina terá sua biografia lançada no dia 2 de agosto, às 19h, no Palácio Cruz e Souza, em Florianópolis. A autoria é da jornalista Ana Lavratti. Nascido no interior do Rio Grande do Sul, Severo foi escolhido o Melhor Animador de Rádio do Paraná, criador da agência de publicidade A.S. Propague, professor universitário, executivo da Comunicação, secretário de Estado da Comunicação Social, fundador da ADVB/SC, autor de livros, primeiro presidente do Instituto Caros Ouvintes, idealizador de campanhas e coberturas históricas, colecionador de amigos e fãs.

Nos anos 1960, Severo comandou na Rádio Diário da Manhã, de Florianópolis (atual CBN) o programa Ponto de Encontro, um misto de talk show com um pouco de música. O Ponto de Encontro manteve-se campeão absoluto de audiência por mais de três anos, tempo que esteve no ar.

fonte: Sindicato dos Jornalistas/RS

Congresso aprova nova composição do Conselho de Comunicação Social

O Congresso Nacional aprovou na terça-feira, dia 17, a composição do Conselho de Comunicação Social (CCS), previsto no artigo 224 da Constituição como órgão auxiliar do Parlamento. Entre suas funções está avaliar questões ligadas à liberdade de manifestação do pensamento, da criação, da expressão e da informação e emitir pareceres e recomendações ligadas à produção e programação de emissoras de rádio e TV.

Composto por 13 titulares e 13 suplentes, o Conselho também deve opinar, quando consultado, sobre propagandas de tabaco, bebidas alcoólicas, agrotóxicos, medicamentos e terapias, além de diversões e espetáculos públicos. O colegiado também pode avaliar as finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas da programação das emissoras de rádio e televisão e deve prezar pela regionalização da produção cultural, artística e jornalística.

Outros temas que podem passar por análise do Conselho são propriedade, monopólio ou oligopólio dos meios de comunicação social e outorga e renovação de concessão, permissão e autorização de serviços de radiodifusão sonora e de sons e imagens.

Esta será a terceira composição do Conselho, regulamentado pela Lei 8.389/1991. A primeira foi aprovada em 2002 e a segunda, em 2004. O órgão inclui representantes dos veículos de comunicação (rádio, TV e imprensa escrita); um engenheiro com conhecimento de comunicação social; representantes de jornalistas, radialistas, artistas e profissionais de cinema e vídeo; e cinco representantes da sociedade civil.

Os nomes são sugeridos pelas entidades representativas de cada setor à Mesa do Congresso Nacional. Cada membro tem mandato de dois anos, podendo ser reconduzido por uma vez. De acordo com a lei, o Conselho de Comunicação Social deve eleger seu presidente e vice-presidente dentre os representantes da sociedade civil, e as despesas do colegiado são pagas pelo Senado.

fonte: Sindicato dos Jornalistas RS

Encontro de blogueir@s do RS está com inscrições abertas

Está aberta as inscrições para o 2º Encontro de Blogueir@s do Rio Grande do Sul. O encontro será no dias 3 e 4 de agosto e será realizado na Nós Coworking, no Shopping Total, em Porto Alegre.

O encontro dos blogueir@s terá como tema base a democratização das comunicações e será dividido em três mesas, com a participação de representantes de governo e sociedade civil.

Entre os debatedores do evento estão a Ministra dos Direitos Humanos, Mária do Rosário e a secretaria estadual de Comunicação e Inclusão Digital, Vera Spolidoro. O encontro será aberto pelo governador Tarso Genro.

Para inscrições e programação completa do encontro, os interessados devem acessar o site http://blogprogrs.com.br.

Katia Suman vai ministrar oficina sobre rádio web

A jornalista Katia Suman, da Rádio Ipanema FM e criadora da Rádio Elétrica (está na internet) , será a ministrante do curso sobre rádio web promovido pela Casa das Ideias, localizado no Shopping Total (Alameda dos Escritores, prédio 2, 4º andar).

O curso será dividido em quatro encontros, que abordarão o panorama geral da rádio web no Brasil; as diferenças e semelhantes entre o FM e o online; técnicas e estilos de comunicação; softwares e equipamentos; e também contará com atividades práticas. Serão duas turmas: a primeira com aulas nos dias 9,16, 23 e 30 de agosto e a segunda, nos dias 11,18, 25 de agosto e 1º de setembro.

Ao final do curso, cada aluno deverá criar um programa para rádio web com inserções musicais, comentários e entrevistas. Os melhores serão transmitidos pela rádio Elétrica.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3018.7740 ou pelo site www.casadeideias.com.br

Cinema tem o maior crescimento publicitário entre as mídias

A pesquisa feita pelo Projeto Inter-Meios apontou que o cinema foi a mídia que teve o maior  crescimento em investimento publicitário do que as outras mídias nos quatro primeiros meses do ano no Brasil.

O relatório apontou o aumento de 29,8% em receita do cinema, em relação ao mesmo período de 2011. A internet ficou em segundo lugar no ranking com 24,3%, seguida pela TV por assinatura que teve elevação de 21,2%. Líder do bolo publicitário, a TV aberta teve crescimento em receita 12,9% em relação ao ano passado.

No total, o faturamento da mídia brasileira no primeiro quadrimestre deste ano foi de R$ 8,9 bilhões, o que representa um desempenho 11,5% melhor do que o obtido em 2011.