Star Wars bate recorde histórico de bilheteria

Star Wars – O Despertar da Força arrecadou cerca de US$ 528 milhões em sua estreia mundial. O valor superou as expectativas da Disney, que esperava um total de US$ 517 milhões.

A produção do filme custou cerca de US$ 200 milhões, mais algumas dezenas de milhões de dólares investidos em marketing e distribuição.

Omar Sheikh, analista da Credit Suisse, estimou ainda que todos os novos filmes da saga Star Wars planejados até 2019, contando O Despertar da Força, podem gerar uma receita total de US$ 7,8 bilhões à Disney, o equivalente a um lucro de cerca de US$ 4,2 bilhões.

Fonte: Meio & Mensagem

Há quase um mês no ar, Octo ainda divide opiniões

projeto Octo A multiplataforma de comunicação desenvolvida pelo Grupo RBS, Octo, estreiou no dia 23 de novembro, às 19h. Perto de completar um mês no ar, o canal ainda divide opiniões dos telespectadores. Seu conceito principal, de ser ‘outra coisa’, é defendido pela diretora do projeto, Flávia Moraes.

Segundo a cineasta, há propostas e metas, mas, antes de tudo, é aberto e se propõe a promover e instigar o diálogo e a colaboração entre todos.

Logo na sua estreia, a multiplataforma foi pautada por situações diferenciadas à rotina de uma emissora de televisão. Composta por programas inferiores a meia hora, as atrações são conduzidas por grupos de três atores que assumem o papel de apresentadores.

No primeiro dia já foram notados pelo público, problemas com a iluminação do estúdio. A reprovação dos telespectadores foi manifestada através das redes sociais. A má qualidade do som em muitas intervenções, feitas através de softwares como o Skype, também foi criticada.

Os telespectadores, entretanto, seguem divididos em suas opiniões sobre a mudança e a nova programação. Nas redes sociais, os comentários apontam descontentamento por parte de uns, e encorajamento por parte de outros.

Fonte: Coletiva.Net

Universidade americana oferece bolsas de mestrado para jornalistas

Foto: Divulgação

O Arthur L. Carter Journalism Institute, da Universidade de Nova Iorque (NYU), está com inscrições abertas para o World Journalist Fellowship.

O programa disponibiliza bolsas de estudo para jornalistas de outros países passarem dois semestres em um dos mestrados da faculdade de jornalismo. Os selecionados ganharão uma ajuda no valor de US$ 13 mil.

Os bolsistas podem escolher entre os seguintes temas: reportagem econômica e de negócios; reportagem cultural e crítica; estudos globais e programas conjuntos; reportagem literária; redação de revista; notícias e documentários; reportagem de New York; reportagem do País; reportagem de ciência, saúde e ambiental; e studio 20.

Para se inscrever, os interessados devem ter pelo menos dois anos de experiência, fluência em inglês e têm de preencher o requerimento para o programa de pós-graduação de sua escolha. É necessário possuir certificado no GRE e no TOEFL. As inscrições ficarão abertas até 4 de janeiro de 2016. Para obter mais informações (em inglês) clique aqui.

Fonte: Coletiva.Net

Gaúchos compõem lista dos 10 profissionais de comunicação do ano

Marcio Callage Foto: Divulgação

O publicitário gaúcho Marcio Callage está entre os 10 profissionais de comunicação que mais se destacaram no ano, segundo o site Meio & Mensagem. Segundo o portal,  a atuação do publicitário neste ano ganhou mais importância dentro do Grupo ABC.

Guga Ketzer também faz parte da lista. O gaúcho assumiu a presidência da agência Loducca, escolhido para suceder o fundador Celso Loducca, que ficou no comando da agência por 20 anos e a vendeu para o Grupo ABC em 2008.

Além dos dois gaúchos, fazem parte da lista: Abel Reis – CEO no Brasil da Dentsu Aegis Network (DAN), desde junho do ano passado; David Laloum – CEO da Y&R; Eduardo Simon – Sócio e vice-presidente de atendimento da Taterka; Fernando Musa – CEO da Ogilvy & Mather desde 2011; Guga Ketzer – Presidente da agência LDC; João Livi – CEO da nova Talent Marcel; Jones+Tino – Sócios de Mario Peixoto na Stink São Paulo; Kiki Moretti – Diretora-presidente da In Press Porter Novelli e responde pelos três escritórios da empresa no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília; Márcio Callage – Diretor-geral da Pereira & O’Dell Brasil e Rodolfo Medina – Presidente da Artplan.

Fonte: Coletiva.Net

 

ONU utilizará redes sociais para controlar disseminação terrorista

Jean-Paul Laborde Foto: Reprodução

Jean-Paul Laborde, o responsável pela luta antiterrorista da Organização das Nações Unidas (ONU), informou na última quinta-feira que o Facebook tem bloqueado toda semana cerca de um milhão de mensagens que promovam terrorismo ou ideologias radicais.

De acordo com o jornal Estadão, Laborde afirmou que o bloqueio de páginas associadas à ideologias radicais é uma nova forma de combater o crescimento do terrorismo no mundo.

Para reforçar ainda mais o combate, Laborde anunciou que a ONU trabalhará cada vez mais aliada às empresas de tecnologia como Facebook, Twitter e Google.
Fonte: Portal Imprensa

Mostra inédita, criada no Instagram, retrata cotidiano de países de língua portuguesa

Foto: Centro Carioca de Design

Uma iniciativa, que surgiu informalmente na rede social de postagem de fotos, o Instagram, deu origem a um projeto pioneiro de documentação fotográfica que agora resulta em uma exposição, inédita no mundo, inaugurada na noite de quinta-feira. A mostra itinerante @NossaLingua, aberta no Centro Carioca de Design, traz 100 fotos produzidas por profissionais e amadores que retratam o que une e o que diferencia o cotidiano dos países de língua portuguesa – Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Macau e Timor Leste.

A exposição também exibe cenas inéditas do filme “NossaLíngua.doc”, documentário que será lançado no primeiro semestre do próximo ano. Além de relatos de falantes do português nos vários países, cada um mostrando o uso que fazem do idioma em seu cotidiano,  a produção tem entrevistas dos escritores Mia Couto (Moçambique), José Luiz Peixoto (Portugal), Mário Lúcio (Cabo Verde) e Bráulio Tavares (Brasil).

A exposição itinerante está no Rio de Janeiro e a visita é gratuita e pode ser realizada de segunda à sábado, das 12h às 19h. Depois do dia 5 de janeiro, a exposição viaja pelo Brasil e por outros países de língua portuguesa.

A agenda dos próximos locais da exposição, no entanto, ainda não está definida, diz Luciane Araújo. O projeto conta com o patrocínio do IRB Brasil RE e do Ministério da Cultura e apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Fonte: Portal Comunique-se