SBPJor divulga chamada de artigos para 9º Encontro de Pesquisadores em Jornalismo

A SBPJor divulga chamada de trabalhos para o 9º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo, que acontece de 3 a 5 de novembro na Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO-UFRJ). O evento terá como tema “Jornalismo e Mídias digitais”. 


Interessados em enviar artigos devem fazê-lo de 01 de junho a 22 de julho, através desta página. Normas, informações sobre inscrições e demais prazos também estão disponíveis no site. 


Fonte: Intercom

Anúncios

Obra de Juremir Machado da Silva aborda uso do rádio no movimento da Legalidade


Vozes da Legalidade – Política e imaginário na Era do Rádio é o título do livro de Juremir Machado da Silva recentemente lançado pela Editora Sulina. A obra tem como foco o movimento da Legalidade – em 1961, após a renúncia de Jânio Quadros. Leonel Brizola, então governador do Rio Grande do Sul, liderou o movimento que tinha como objetivo garantir a posse do vice-presidente João Goulart. 
A resistência ao golpe contra Jango teve o rádio como palco privilegiado. Iniciou com a tomada da Rádio Guaíba, na capital gaúcha, mas foi seguida rapidamente por outras emissoras pelo país afora. Isso tudo em um momento em que o rádio ocupava o espaço de principal meio de comunicação no Brasil – embora a TV já tivesse chegado por aqui, ainda não tinha alcançado a popularização. 
A obra pode ser adquirida por R$ 29,00. Informações no site.
Fonte: Intercom

ANJ cria programa de autorregulamentação

Reconhecimento e publicação de erros, implantação de canais de atendimento, publicação de cartas e e-mails, criação de fóruns de análise crítica e adoção de manual de ética são as principais recomendações do Programa Permanente de Autorregulamentação da Associação Nacional de Jornais (ANJ). O projeto foi aprovado no dia 26 de maio, em assembleia geral da entidade, em Brasília. De acordo com a presidente da ANJ, Judith Brito, a autorregulamentação tornou-se necessária depois da revogação da lei de imprensa, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em abril de 2009. “Além de um desejo da ANJ em promover maior transparência na relação com leitores”, acrescentou.

A nova redação determina que jornais e sites devem criar modelo de autorregulamentação, comunicar a iniciativa à ANJ e informar com clareza aos leitores o que está sendo instituído. O período para implantação pelas 150 empresas associadas ainda será definido.

O programa teve dois votos contrários, dos jornais Correio do Povo (RS) e Hoje em Dia  (MG), ligados à Igreja Universal do Reino de Deus. De acordo com a Folha de S.Paulo, os representantes desses títulos disseram apenas que a posição seria registrada na ata da assembleia. “Eles entenderam que o programa pode indispor os leitores com os jornais ou tornar mais frágil a relação dos jornais com os leitores, o que é exatamente o contrário do que pretendemos”, disse o diretor-executivo da ANJ, Ricardo Pedreira.

Fonte: Coletiva.net

Inscrições abertas para curso de Jornalismo Científico

Durante a 63ª Reunião Anual da SBPC – Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, será realizado o curso de extensão EBJC – Escola Brasil de Jornalismo Científico. As inscrições são gratuitas e estão abertas até o dia 18 de junho. O curso será realizado de 6 a 20 de julho, em Goiás.

A EBJC é destinada a alunos de graduação do último ano em Jornalismo (sétimo e oitavo semestres). Os alunos selecionados terão bolsas de estudo integrais, com todas as despesas custeadas pela organização do evento.

Nesta primeira edição da EBJC, serão oferecidas cinco bolsas nacionais (um estudante por região brasileira) e cinco bolsas para os alunos da Universidade Federal de Goiás (UFG). Para inscrever-se, é necessário que o estudante envie currículo, histórico escolar, carta de recomendação, um breve texto sobre “Cerrado” (15 a 20 linhas), e pague uma taxa de R$ 30,00. As inscrições e informações complementares estão no site http://www.ebjc.com.br./

Fonte: Portal Intercom

Alunas de RP vencem regional do Expocom em Londrina

As alunas do curso de Relações Públicas Bruna Teixeira, Bianca Peña, Luana Araújo, Raquel Flores e Vitória Dias participaram do Expocom (Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação), que aconteceu no Intercom Sul, em Londrina-PR. O Expocom reúne trabalhos de alunos de graduação dos Cursos de Comunicação Social em uma mostra competitiva.
A aluna Bruna Teixeira representou o grupo que realizou o trabalho “Plano de divulgação da marca-cidade Porto Alegre”, e venceu na categoria Projeto de Assessoria de Comunicação Governamental. A orientadora do trabalho foi a professora Andréia Athaydes. O grupo agora concorre na categoria na edição nacional do Expocom, que acontece em Recife (PE), em setembro, junto com o congresso nacional da Intercom
Segundo Bruna, o congresso foi muito proveitoso, diversos assuntos interessantes foram debatidos nas Divisões Temáticas e no Intercom Junior. “Foi uma ótima oportunidade para fazer novos contatos e conhecer professores de outras universidades”, destaca a aluna. Conforme a organização do evento, este foi o congresso com maior número de participantes: 1.400.

Programação especial marcou a 3ª Semana de Museus de São Leopoldo

Texto: Cibele Avendano

Em comemoração ao Dia Internacional dos Museus, celebrado em 18 de maio, o Museu do Trem promove anualmente a Semana de Museus de São Leopoldo, atividade que já faz parte de sua agenda permanente. Este ano, em sua 3ª edição, o tema Museus e Memória foi contemplado durante a Semana, entre os dias 23 e 28 de maio.

Com o intuito de promover a integração das instituições museológicas e intensificar suas relações com a sociedade, a programação deste ano contou com uma série de atividades tais como seminários, exposições, oficinas, espetáculos musicais, mesas redondas, visitas guiadas e exibições de filmes.O grande número de instituições apoiadoras fizeram com que a Semana de Museus se destacasse neste ano.

A temática “Museus e Memória” destacou o papel do museu como uma instituição ligada ao mundo contemporâneo e interessada na vida social, política e econômica da sociedade em que está inserida, mas sem esquecer do passado, fazendo com que tivesse uma troca de saberes e experiências. O tema proposto estimulou ainda a discussão, a reflexão e a prática do respeito e da valorização da diversidade e diferenças existentes no Brasil.

Desde a sua primeira edição, em 2009, a Semana de Museus de São Leopoldo já apresentou um grande número de programações, envolvendo ligação com outras instituições museológicas.