Ulbra TV em processo de migração para sinal digital

O Ministério das Comunicações emitiu a autorização para que a Ulbra inicie a migração para a tecnologia digital, que irá ao ar pelo canal 50.

Para isso, a emissora firmou parceria com a empresa Seal Telecom, que será a responsável por integrar o processo digital, que inclui elementos técnicos e equipamentos como antena e transmissor, adquirido pela europeia Screen Service Broadcasting.

Foto: Divulgação/ULBRA TV

Foto: Divulgação/ULBRA TV

Segundo o diretor da Ulbra TV, Mauro Borba, o próximo passo é obter a aprovação do técnico junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). De acordo com Mauro, a estimativa é que ainda no início de 2016 a emissora esteja com a operação digital em testes.

A previsão é de que até 25 de junho de 2017, para quando está previsto o desligamento do sinal analógico na Grande Porto Alegre, a emissora transmitirá simultaneamente nos canais 48 UHF e 50 digital.

Fonte: Coletiva.net

 

Anúncios

Ombudsman do “NYT” dá conselhos a jovens jornalistas

Em uma aula sobre público e engajamento na escola de Graduação em Jornalismo de Columbia, a ombudsman do jornal americano The New York Times, Margaret Sullivan, deu dicas para os iniciantes na profissão sobre “tudo o que sabe sobre jornalismo”.

Confira as dicas:

Sobre redes sociais:
– Não se estresse ao volante; afaste-se do teclado.
– Seja útil.
– Seja responsável.
– Esteja disposto a corrigir e a reconhecer erros prontamente.
– Mostre limites. Lembre-se de que você está publicando para o mundo. Para sempre.
– Tente uma mistura de 20% de descontração e 80% de informação.
– Leia cada link antes de re-tuitar ou repostar.
– É uma ferramenta, não um fim em si mesmo.

Sobre jornalismo:
– Não pegue atalhos. Faça o trabalho completo.
– Se pegar “emprestado”, sempre credite com um link e uma menção específica, e sempre escreva com suas próprias palavras.
– Você pode perder sua reputação e sua carreira em um instante.
– Apesar disso, não seja tímido. Seja corajoso.
– Peça conselhos para pessoas inteligentes.
– Trabalhe para melhorar o mundo, mesmo que em uma pequena escala.
– Não caia no jornalismo “mínimo denominador comum”.
– Um pouco de irreverência vai longe.
– Dê mais importância para justiça do que para objetividade.
– Pense o quão próximo você pode chegar da verdade.
– Coloque-se no lugar das pessoas que serão afetadas por seu trabalho. Isso não significa perder o senso crítico.
– Seja rigoroso. Vá além. Se pensa que deve entrevistar cinco pessoas, entreviste 10. Cheque fatos com determinação.
– Seja agressivo: um jornalista passivo não é realmente um jornalista.
– Seja realmente bom em uma ou duas coisas. E tente ser decentemente bom em uma grande gama de coisas.
– Se você errar, desculpe-se completamente e siga em frente.
– Tente trabalhar para alguém influente.
– Retribua qualquer ajuda que você tenha recebido em sua carreira.
– Seja idealista. Resista ao cinismo.
– Nunca seja tedioso: seja atraente e claro, especialmente quando o assunto é complicado ou difícil de entender. Se você está escrevendo coisas nebulosas, talvez você não entenda o assunto ainda. Tenha solidariedade com os leitores.
– Você não está neste mercado pelo dinheiro, então por que está nele? Faça o trabalho.

Fonte: Portal Imprensa

Campanha da Antarctica brinca com restrições à publicidade

A nova campanha da Antarctica Sub Zero, “Gostosa além da conta”, trata de forma irônica as normas e restrições que vem ganhando força acerca dos debates sobre os limites da publicidade.

No comercial, personagens como o paraquedista, a celebridade e o gringo são impedidos de beber a cerveja até que o filme acabe.

O vídeo, criado pela AlmapBBDO, será veiculado no YouTube e em redes sociais como Facebook e Twitter.

Veja:

Wikipédia faz campanha para manter site no ar

Para fazer com que o site siga no ar, a Wikipédia iniciou uma nova campanha de arrecadação de verba.

“Nós estamos pedindo ajuda para a Wikipédia. Para proteger nossa independência, nós nunca teremos anúncios. Sobrevivemos com doações em média de R$ 25. Se todo mundo que estiver lendo esse aviso doar R$ 10, nossa arrecadação terminaria em uma hora”, explica o pedido no site.

A companhia afirma que, pelos gastos com funcionários, servidores e programas, o site precisa de verba para continuar funcionando e gerando conteúdo.

Segundo informações da Fundação Wikimedia, são 273 funcionários divididos entre a área de tecnologia e a função de arrecadar fundos. “A Wikipédia é como uma livraria ou um parque público. Se a Wikipédia é útil para você, por favor, gaste um minuto para mantê-la on-line e grátis”, conclui o anúncio.