Abraji oferece guia gratuito sobre Lei de Acesso a Informações

Está disponível para download o guia Lei de Acesso a Informações Públicas – O que você precisa saber, produzido pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) com financiamento do Programa Internacional para Desenvolvimento da Comunicação da Organização das Nações Unidas para Educação, Comunicação e Cultura (Unesco).

O material resume os principais pontos da Lei de Acesso (nº 12.527/2011) em linguagem direta e acessível, com o objetivo de facilitar o uso da regra. Traz também conteúdo detalhado sobre pontos-chave como transparência ativa, recursos e prazos de sigilo, apontando legislações relacionadas.

A produção é a primeira etapa de um projeto desenvolvido pela Abraji com financiamento da Unesco que envolve a abertura de três turmas de treinamento online para jornalistas sobre o uso da Lei de Acesso a Informações.

Fonte: Comunique-se

Anúncios

Copa do Mundo faz Zero Hora barrar outras pautas na capa

Domingo, 1° de junho, vai marcar mudanças no jornal Zero Hora, que passará a dedicar as primeiras páginas do impresso às notícias esportivas. A novidade chega em função da Copa do Mundo e fica até 14 de julho, após o término do mundial.

Criada há quatro anos, a editoria ‘Copa de ZH’ vai ocupar a capa do jornal com notícias relacionadas a esporte, organização do mundial e impacto do evento no cotidiano dos leitores.

Faz parte da cobertura do mundial a coluna diária de Luis Fernando Veríssimo, o espaço Feras da Copa, com textos de comunicadores de outros veículos do Grupo RBS e o informe especial de Tulio Milman passa a ser temático.

Os correspondentes da Liga dos Fanáticos e enviados especiais vão atualizar os leitores diretamente das cidades-sede. Fernanda Pandolfi, colunista da ‘Rede Social’, integra a equipe com cobertura diária, assim como as jornalistas do blog Clube da Bolinha.

------zerohora1

Divulgação Zero Hora

 

Fonte: Portal Imprensa

ULBRA participa da 30ª Feira do Livro de Canoas

A ULBRA estará presente na 30ª Feira do Livro de Canoas, promovida pela Prefeitura Municipal, com a banca da Editora e a participação do Programa Fome de Ler. A Editora da ULBRA estará na banca 10 expondo 300 títulos do seu catálogo.

O Programa Fome de Ler terá duas atividades, que acontecem nos espaços da Praça da Bandeira. A Mostra Festival Book Trailer acontece no dia 4 de junho as 9h, na tenda Cine Literário, e reúne as escolas participantes do Programa. Já o II Encontro Fome de Ler, destinado a professores, está marcado para o dia 9 de junho das 8h30 as 11h30, com a participação dos escritores Marcelo Spalding e Cristiano Refosco.

A Feira, abre no sábado, 31 e segue até o dia 14 de junho, com bancas no Calçadão e na Praça da Bandeira, e terá participações especiais dos escritores Alan Paus, Zuenir Ventura e Adriana Calcanhotto.

Mais informações e a programação completa da 30ª Feira do Livro de Canoas podem ser consultadas no site da Prefeitura – www.canoas.rs.gov.br.

 

Fonte: Sala de Imprensa

 

Mineiros do Chile relembram acidente e apoiam a seleção do país em campanha

O drama de 33 mineiros, que por conta do desabamento de terra sobre uma mina do Atacama, no norte do Chile, acabaram soterrados por 69 dias, vira motivação para seleção do país na Copa do Mundo.

A coragem dos que enfrentaram o desafio é revivida na campanha “Para um chileno nada é impossível”, do Banco de Chile. Mesmo com dificuldades, e amedrontados pela iminência de morte, os homens se comunicavam com suas famílias e com as autoridades através de bilhetes e cartas. Apesar da tragédia, eles nunca perderam a esperança de serem resgatados. No comercial, os sobreviventes discursam com emoção e relembram suas histórias. O objetivo? Transmitir confiança à seleção do país na disputa da Copa do Mundo.

A instituição financeira é uma das principais apoiadoras do time do Chile, que enfrentará na primeira fase do torneio a Austrália e as poderosas Holanda e Espanha, compondo o chamado “grupo da morte”

 Os mineiros ainda prometem enviar amostras de terra da mina San José como uma espécie de amuleto para o grupo de jogadores. A campanha foi criada pela Prolam Y&R. “Esta peça é extremamente emocional. Gostaríamos de repetir a façanha dos mineiros agora no nível esportivo”, declararam os diretores de criação Francisco Cavada e Alvaro Becker em entrevista ao site Latin Spots.
Fonte: Meio e Mensagem

STF determina que julgamento de políticos e ministros não serão mais transmitidos pela TV

O Superior Tribunal Federal (STF) sofrerá mudanças. Uma alteração promovida no regimento interno do STF vai fazer com que julgamentos de processos contra congressistas e ministros não sejam mais transmitidos pela televisão, além de transferir as decisões sobre casos com foro privilegiado para as duas turmas do tribunal, compostos por colegiados com metade do total de ministros da corte. Os defensores da medida alegam que haverá um grande ganho em celebridade e organização do poder judiciário.

Segundo a Folha de S.Paulo, as mudanças permitem que parlamentares sejam condenados ou inocentados em processos com apenas dois votos. Apesar de não ser mais o responsável, o plenário seguirá analisando os casos ligados à Presidência da República, à Vice-Presidência, à Câmara dos Deputados, ao Senado, à Procuradoria-Geral da República e aos ministros do STF. No modelo antigo, todas as autoridades com o chamado foro privilegiado respondiam diretamente ao plenário, constituído por 11 ministros e que pode funcionar com no mínimo, seis presentes.

Já no menor quórum, para haver condenações ou absolvições são necessários pelo menos quatro votos. Em pauta desde a ação penal 470, conhecida como “mensalão”, as discussões sobre as alterações no regimento consumiram 69 sessões, ao longo de 20 meses. Visando o controle da constitucionalidade das leis, o Supremo Tribunal Federal possui cerca de 500 inquéritos tramitando no plenário. Apesar da transferência de responsabilidade, é possível que ministros levem casos das turmas diretamente ao plenário quando entenderem que a decisão é complexa.

Fonte: Portal Imprensa

Câmara vai instalar comissão especial para analisar PEC do Diploma

Foi encaminhado nessa quinta-feira, 29, pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, a instalação de Comissão Especial para analisar a Proposta de Emenda Constitucional 206/2012, a PEC do diploma. De acordo com avaliação de Alves, a matéria estará pronta para ir a voto no plenário provavelmente em agosto, após dez sessões.

Na ocasião, a posição de Alves foi divulgada diante dos representantes da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e sindicatos da classe. O presidente chegou a acatar a sugestão da Fenaj para a composição da comissão, que foi elaborada pela federação após consultas.

“A disposição do presidente da Câmara em nos atender após um dia intenso de atividades no plenário, e o anúncio da instalação da Comissão Especial, são sinalizações positivas. Acredito que teremos em breve, na Câmara dos Deputados, a confirmação da posição de aprovação que obtivemos no Senado”, disse o presidente da FENAJ, Celso Schröder.

Fonte: Comunique-se