Jornalistas se reúnem com Dilma para falar sobre a Copa

A presidente Dilma Roussef recebeu um grupo de jornalistas da área esportiva, no Palácio do Alvorada em Brasília, para debater os preparativos finais da Copa do Mundo. Entre os presentes estava o colunista Luiz Antônio Prósperi do jornal O Estado de S.Paulo, segundo o jornalista foi um convite que a presidente fez a todos os editores de esportes dos principais jornais do páis e emissoras de TV.
Segundo Prósperi, a presidente destacou que quer fazer do Mundial uma marca contra o racismo, o que deve ser uma medida de peso decisivo. A polêmica com o jogador Daniel Alves foi mencionada e Dilma disse que pediu ao papa Francisco um manifesto contra o preconceito, o qual será lido na abertura do evento.
Em matéria para O Estado de S. Paulo, Prosperi relatou com mais detalhes o encontro com a presidente. Segundo ele, Dilma foi “enérgica” ao falar de segurança no Mundial: “Ninguém vai encostar a mão nas delegações das seleções como fizeram com o ônibus da Itália na Copa das Confederações. A segurança vai ser total”.
A presidente também questionou aos repórteres se estavam colecionando as figurinhas do Mundial. Com uma resposta quase unânime, ela revelou que também tinha o seu álbum, que coleciona com o neto Gabriel.
Fonte: Portal Imprensa
Anúncios