Seminário Internacional sobre os 500 anos da Reforma acontece em abril

No ano em que se completam cinco séculos da Reforma, a Universidade Luterana do Brasil, em parceria com a Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo, realizará o Seminário Internacional Reforma, 500 Anos: Educação, Ciência e Cultura. Na capital paulista, o evento acontecerá nos dias 24 e 25 de abril. Já no campus da Ulbra Canoas, será entre os dias 25 e 27 de abril. Serão conferências, mesas temáticas, comunicações orais e atividades culturais voltadas para o debate multi e interdisciplinar sobre o movimento que causou uma revolução social e política, difundido no mundo inteiro através da arte, cultura, educação, ciência, mas, principalmente, no processo de consciência individual e construção da assim chamada modernidade.

848cbddb6dabc35ea2731fe92fd626e0

Evento em parceria com a Universidade Mackenzie abre as inscrições – Foto: Reprodução

Para o reitor da Universidade e presidente do Comitê Ulbra 500 Anos da Reforma Luterana, Marcos Fernando Ziemer, é fundamental a participação da Instituição nas comemorações da Reforma. “Há três anos, quando estabelecemos o novo planejamento estratégico da Ulbra, um dos pilares foi o de reforçar a identidade luterana. Então, é natural que a Universidade tenha que capitanear este debate, e, por isso, a gente vem desenvolvendo, desde 2015, com a instituição do Comitê específico, uma programação bastante ampla para este ano de 2017. Queremos debater não somente os aspectos no âmbito estritamente religioso, mas ampliar essa abordagem. A Reforma teve impactos sociais, econômicos, culturais e também educacionais, que é o nosso caso, até porque ela nasceu dentro de uma universidade, através de um professor universitário”, explicou Ziemer.

“O seminário está sendo planejado para dar espaço para todas as pessoas dentro e fora do ambiente universitário”, afirma o vice-reitor da Ulbra e coordenador do Comitê, Ricardo Willy Rieth. Segundo ele, o evento internacional está sendo preparado para ocorrer no início do ano comemorativo ao jubileu, tornando-se, assim, indutor de debates e reflexões sobre a Reforma. “Nós queremos que, com este evento, já nos primeiros meses do ano, muitas pessoas percebam a importância permanente e multifacetada da Reforma e procurem aproveitar as oportunidades oferecidas. Neste evento, muitos participantes estarão apresentando a sua pesquisa, vão compartilhar os resultados, serão geradas discussões e isso vai, seguramente, despertar em muitos alunos o interesse, a curiosidade e a busca por um aprofundamento no tema. Ulbra e Mackenzie se autocompreendem como herdeiras da Reforma em educação, ciência e cultura no século XXI e querem propor mediações para que este legado se atualize permanentemente e contribua na dinamização do contexto acadêmico brasileiro”, completou Rieth.

O Seminário Internacional Reforma, 500 Anos: Educação, Ciência e Cultura é aberto ao público e conta com o apoio do Grupo de Trabalho 500 Anos da Reforma Luterana, comissão formada desde 2011 por membros da Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB) e da Igreja Evangélica de Confissão Luterana (IECLB), no qual a Universidade tem assento.

Na Ulbra Canoas, o evento contará com quatro conferências, 16 mesas temáticas além de comunicações orais, apresentações de pôsteres e atrações culturais. Em São Paulo, na sede da Universidade Mackenzie, haverá palestras, workshops e comunicações orais. O Seminário, que será realizado simultaneamente nas duas universidades, contará com o intercâmbio entre os integrantes das conferências e das mesas temáticas.

Fonte: ACS Ulbra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s