Duas chapas disputam eleição no diretório de estudantes

Rodrigo Rodrigues e Paulo Schonhorst representantes das chapas 1 e 2, respectivamente. Imagens: Larissa Ferreira

Rodrigo Rodrigues e Paulo Schonhorst representantes das chapas 1 e 2, respectivamente. Imagens: Larissa Ferreira

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) está convocando os alunos para eleições gerais em todos os campi da Ulbra no Rio Grande do Sul, para definir o futuro da entidade representativa. O diretório está desativado desde o ano de 2010, quando houve fraude nas eleições. Somente em 2015 foi criado uma comissão provisória, responsável por organizar e reativar o diretório.

A função do DCE é estudar, discutir, definir e lutar pelos interesses do conjunto dos estudantes dentro da Universidade. A organização congrega vários Centros Acadêmicos (CA’s) e diferentes espaços de discussão e decisão.

Duas chapas estão disputando as eleições do Diretório Central dos Estudantes. A chapa 1, composta pelos integrantes da comissão provisória e a chapa 2, que foi criada esse ano, para disputar a presidência. Ambos os grupos são formados por representantes de todos os campi do RS, de diferentes cursos da graduação com, em média, 45 integrantes cada.

Um dos representantes da chapa 1, Ulbra Unificada, Rodrigo Rodrigues, do curso de Direito, ajudou a criar a comissão provisória e destacou a importância de se ter um DCE ativo na Universidade para ouvir o aluno e colocar em pauta as suas questões. Segundo explicou Rodrigo, o nome da chapa tem por objetivo reforçar a ideia de abranger todos os estudantes, de todas as ideologias e locais, uma vez que a Ulbra possui diversos campi.

Dentre as suas principais propostas está o fortalecimento dos centros acadêmicos pois, segundo Rodrigo, quanto mais forte os CA’s, mais forte se torna o DCE. Outro projeto do grupo é o “Esquenta DCE”, que propõe a criação de um espaço para os alunos esquentarem as suas comidas. Rodrigo comentou que a comissão provisória sempre esteve em contato com a reitoria e que, ainda que pensem no melhor para o aluno, é muito importante ter uma relação direta com o reitor.

Um dos representantes da chapa 2, Muda DCE, Paulo Schonhorst, estudante de Direito, também destacou as propostas do grupo para melhorar a universidade: “pensamos em aumentar a segurança nos arredores da Ulbra e dentro do espaço da instituição também, pois já ouvimos relatos de pessoas que tiveram seus pertences roubados dentro do estacionamento. Ou então, fazer uma capacitação para os seguranças que já trabalham aqui saberem lidar melhor com essas situações”.

A chapa prioriza o contato direto com os estudantes, para ouvir suas reclamações e levá-las, posteriormente, até a direção. Eles têm projetos, também, para baratear a alimentação, como o “Lanche Ulbra”, por exemplo, que propõe valores mais baixos para um lanche dentro da instituição.

Ambas as chapas têm propostas em relação à estrutura da Universidade, com melhorias em salas de aula e laboratórios, por exemplo. Além disso, pretendem conversar com as empresas de ônibus para aumentar os horários de circulação e conseguir passagem gratuita do integração, ônibus que faz o percurso da estação de trem até a Universidade.

As eleições acontecem nos dias 6 e 7 de dezembro e cada prédio terá, ao menos, duas urnas para os estudantes votarem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s