Funcionários da TV Cultura entram em greve devido aos salários estagnados desde 2013

Imagem: Priscila Chandretti

Parte dos funcionários da Fundação Padre Anchieta, empresa mantenedora da Rádio e TV Cultura, iniciara, estado de greve na madrugada desta quinta-feira, após salários estagnados desde dezembro de 2013. De acordo com nota repercutida no site oficial do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), o movimento não tem tempo pré-determinado para chegar ao fim.

A greve atinge, além de jornalistas, radialistas que não têm aumento desde maio de 2014. Segundo relatado pelo sindicato, os grevistas “pressionam pela aprovação de um acordo coletivo, pois há três anos a empresa mantém um impasse nas negociações da campanha salarial das categorias”. Com o tempo sem melhoria nos vencimentos, a entidade informa que o aumento minímo necessário para repor a inflação do período é de 25,12% (jornalistas) e 20,72% (radialistas).

O SJSP destaca, ainda, que a ação foi decidida no início da semana e que, de imediato, contou com apoio de mais de 200 profissionais.

Fonte: Portal Comunique-se

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s