Sindicato cria canal para jornalistas denunciarem casos de assédio

Com atendimento exclusivo e sigiloso, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo (SJSP) abriu um canal para que casos de assédio moral e sexual possam ser denunciados. Os relatos serão recebidos diretamente pela diretoria da entidade. Após apuração, será oferecido acompanhamento do departamento jurídico. Cada episódio será analisado individualmente.

Imagem: Divulgação

O objetivo é combater a prática frequente nas redações. A ação faz parte de uma série de iniciativas planejadas para eliminar agressões que os jornalistas sofrem no ambiente profissional. A próxima etapa envolve a elaboração e distribuição de cartilha especial, que vai esclarecer o que é assédio moral e sexual, as penas previstas por lei e os direitos do trabalhador.

Para o sindicato, o assédio sexual é caracterizado também por colegas de trabalho do mesmo nível hierárquico e até mesmo por fontes jornalísticas, não apenas quando essa abordagem se dá por profissional de cargo superior. Os casos devem ser denunciados pelo telefone (11) 99300-1382, por meio do e-maildenuncieoassedio@sjsp.org.br ou ainda por este link.

Fonte: Portal Comunique-se

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s