Ancine defende regulação de vídeos por demanda

Em evento realizado no Rio de Janeiro, na última quarta-feira, 9 de março, o diretor-presidente da Ancine, Manoel Rangel, apresentou as pautas que irão mobilizar a entidade em 2016. Entre os assuntos mais importantes, o dirigente destacou a busca por um marco regulatório para os serviços de vídeo.

“O vídeo por demanda é a nova fronteira de expansão dos serviços audiovisuais, num mundo que é cada vez mais banda larga. Isso exige de nós uma iniciativa rápida no sentido do arranjo regulatório”, disse o diretor.

Rangel ainda afirma que é necessário corrigir distorções tributárias, vinculá-las a legislação brasileira e dar transparência às informações do setor. A iniciativa da entidade também pretende assegurar a presença de produções brasileiras nos serviços de vídeos sob demanda.

Fonte: Comunique-se

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s