Equipes da Globo são hostilizadas em manifestações

Imagem: Reprodução

Os primeiros protestos organizados depois que o processo de impeachment foi aberto contra Dilma Rousseff, reuniram ao menos 83 mil pessoas, de acordo com números da Polícia Militar, em 22 estados nesse domingo, 13.

Em São Paulo, equipes de reportagem da Globo e GloboNews que faziam a cobertura do ato na Avenida Paulista foram hostilizadas por manifestantes.

Enquanto acompanhavam a movimentação, repórteres e cinegrafistas da emissora foram ameaçados e ofendidos. Os xingamentos evoluíram e eles chegaram a ser alvo de latas e garrafas de cerveja.As tentativas de agressão, com objetos lançadas pelos participantes, fizeram com o repórter José Roberto Burnier precisasse deixar o local antes do fim da manifestação.

Fonte: Portal Comunique-se

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s