Cinemas Africanos têm semana de exibição na Ulbra

A produção cinematográfica africana ganhou uma semana de destaque na Ulbra Canoas. A Mostra Cinemas Africanos promove a exibição de filmes e debates sobre as produções, desde o dia 9 de novembro, até o dia 13. A realização é do curso de Jornalismo da instituição.

Na abertura da mostra realizada na noite de segunda, 9 de novembro, a professora Gabriela Almeida, organizadora do evento, agradeceu a todos os presentes e colaboradores da mostra. Ela ainda ressaltou a importância de proporcionar à comunidade o acesso a uma produção cultural tão pouco divulgada no Brasil. O coordenador do curso de Jornalismo da Ulbra, Deivison Campos, falou sobre o contexto e a relevância do evento, “neste momento em que se discute o direito à diversidade, acho importante esta iniciativa”.

12208598_1688583494694990_6797354548326932555_n

Foto: Gabriela Almeida

Após a abertura, foi exibido o filme “A Negra de…” (Ousmane Sembéne, Senegal, 1966) e realizado debate com o crítico de cinema, Marcus Mello, e o professor do curso de Jornalismo, Deivison Campos.

Na terça-feira, 10 de novembro, foi a vez do filme A Viagem da Hiena (Djibril Diop Mambety, Senegal, 1973). A sessão foi comentada por Daniel Feix, jornalista e crítico de cinema de Zero Hora, e Deivison Campos. Já na quarta, 11 de novembro, o filme A Luz (Souleymane Cissé, Mali, 1987) foi exibido e logo após comentado por Marcelo Tadvald, doutor em Antropologia Social e pesquisador de pós-doutorado do Núcleo de Estudos de Religião da UFRGS.

A mostra tem curadoria de Pedro Henrique Gomes, crítico de cinema e membro da Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul, que ministrou, na semana anterior, o Curso Cinemas Africanos, no mesmo local. Ao todo, serão exibidos 5 filmes, que narram diferentes períodos históricos da África. Todas as sessões são realizadas às 19h.

O evento integra as atividades pelo Dia da Consciência Negra na Universidade e se vinculam ao projeto de extensão “Cine Diversidade – Registro das relações étnico-raciais através de vídeos nos ambientes escolares”.

Filmes que ainda serão exibidos:

QUINTA-FEIRA, 12/11:
Yaaba (Idrissa Ouedraogo, Burkina Faso, 1989)
90′
Sessão comentada por:
Leonardo Bomfim é programador da Cinemateca Capitólio e da Sala de Cinema P. F. Gastal, em Porto Alegre. Mestre em Comunicação Social. Membro da Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul (ACCIRS), editor da Revista Aurora e do Zinematógrafo. Colabador das revistas Teorema, Norte, Harper’s Bazaar e dos jornais Correio Braziliense, Tabaré e Zero Hora.

Roberto Santos – Historiador, mestre em Educação, professor e coordenador dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em História da ULBRA.

SEXTA-FEIRA, 13/11:
Na cidade vazia (Maria Joao Ganga, Angola, 2004)
90′
Sessão comentada por:
Rafael Valles – Doutorando em Comunicação Social, pesquisador de cinema, realizador audiovisual, curador do CurtaDOC – Sesc TV e autor do livro “Fotogramas de la memoria – Encuentros con José Martínes Suárez”, lançado na Argentina.
Emenelson Gaspar – estudante intercambista angolano do curso de Ciências Econômicas.
Fábio Paulino – estudante intercambista angolano do curso de Gestão de Recursos Humanos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s