Conar julga a Claro por propaganda enganosa

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) aceitou um pedido de liminar da Oi para retirar do ar a propaganda “Claro Pré é o chip da internet”, que foi veiculada no site da Claro e no YouTube. Segundo a denunciante, a peça publicitária “omite informações de cobrança”.

De acordo com O Globo, a ação da Oi justifica que a propaganda da Claro, que afirma conceder acesso gratuito ao WhatsApp, Facebook e Twitter, omite informações de cobrança e condições para acesso e, por este motivo, torna o uso do cliente oneroso. O Conar acatou o pedido e julgará a empresa de telefonia.

Em nota, a Claro ressaltou que vai apresentar as informações necessárias ao Conar. A empresa ainda reforçou “seu compromisso com a transparência na comunicação com seus clientes e o cumprimento das normas que regem o mercado publicitário e a legislação vigente”.

Fonte: Portal Imprensa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s